Monte da Lapa – Arquitetura de Álvaro Siza

1 / 12

Um projeto ímpar de Álvaro Siza

O Monte da Lapa é um “lugar-síntese” do tecido urbano do Porto. Situado entre a Baixa portuense e a sua expansão ocidental, este promontório rivaliza com a escala da belíssima igreja homónima que emerge no perfil urbano envolvente.

Enquanto promotor do empreendimento, o atelier Pedra Líquida encomendou este projeto de reabilitação ao arquiteto Álvaro Siza, sabendo que, ninguém como ele, saberia respeitar este conjunto urbano nas suas diversas escalas e memórias. 

Apesar da distância histórica, Siza evoca aqui a década de 1970, em que as “ilhas portuenses” se tornaram tema de trabalho da cultura arquitetónica local, mantendo o mesmo desejo, de outrora, de as manter, revelar e transformar em frentes urbanas dignificadas. 

O programa inclui a construção de um novo edifício – uma pousada turística de seis quartos –, mas sobretudo a reabilitação de um antigo moinho-miradouro para espaço de comércio e lazer, assim como de diversos núcleos de habitação: residência de estudantes e casas para arrendamento de curta, média e longa duração, no seio das quais se fixam alguns dos antigos residentes. 

Siza reinventa a história deste lugar altaneiro, conectando plataformas e ruas, criando assim um novo circuito urbano que “desguetiza” essas áreas de difícil acesso. No entanto, nunca nos oferece a paisagem total; obriga-nos antes, a tornar o nosso esforço de subida e de repouso, entre rampas, escadarias e muros, num momento especial de descoberta da cidade.

Equipa
Álvaro Siza, SA
Cliente
Pedra Líquida
Ano
2016

Fotografia

Pedro Cardigo

Luís Araújo (Fotografia de Obra)

Renderização
UM Studio